Feira de componentes Seincc surpreende com recorde de visitação

  • Redação Clubei

Feira de componentes Seincc surpreende com recorde de visitação

Evento foi o primeiro pós-pandemia e único a ser realizado no Brasil ainda neste ano

Encerrou nesta quinta-feira, 23, a 20ª edição da Semana da Indústria Calçadista Catarinense (Seincc), em São João Batista. Foram três dias de feira, onde 100 expositores apresentaram as melhores marcas de componentes, máquinas, químicos, tecnologia, acessórios e artefatos para o calçado.

Realizada pelo Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista (Sincasjb), o evento surpreendeu a organização e expositores. “Tínhamos um pouco de receio em fazer a feira, porque a gente ainda está num momento de pandemia, mas fomos ousados e acertamos. A Seinccfoi um sucesso”, diz o presidente da entidade, Almir Manoel Atanázio dos Santos.

Ele conta que a surpresa maior foi com o número de visitação. Em cada edição o sindicato emite um limite de passagens e hospedagens aos fabricantes de calçados de todo Brasil para visitarem a feira. Mas, neste ano, muitos outros clientes vieram por conta própria.

A feira surpreendeu também os expositores. O diretor comercial da Cofrag, Gustavo Scheffel, 39 anos, diz que o setor estava carente e com saudades da feira, precisando dessa retomada e a Seincc foi importante para as negociações e troca de contatos. “Fizemos bastantes pedidos de amostras e saímos daqui com resultados positivos”.

A Global Química e Moda, de São Paulo, expôs pela primeira vez. Nilson Kascher Padilha, 44, responsável pela empresa, revela que chegou ao evento com uma visão, mas teve as expectativas superadas. “Estamos falando aqui talvez com os maiores fabricantes de calçados da região que se interessaram demais pelo nosso produto”, comemora.

Ele garante que a empresa voltará nas próximas edições e em um espaço maior para trazer mais equipamentos para expor. “Foi uma ótima experiência”.

Polo auto sustentável

Segundo Santos, São João Batista e região é um polo auto sustentável na produção de calçados. “Temos tudo que precisa para fazer um sapato na região, e outros lugares que não têm a matéria-prima para fazer, buscam aqui.Então, além de produzirmos calçados, vendemos muita matéria-prima para todo o Brasil”.

O presidente afirma que ver os corredores do Centro de Eventos cheio foi muito gratificante. “O calçado tem essasinergia, precisa ter esse contato, sentir texturas, o material, e estava faltando o evento presencial”.

A 20ª Seincc foi a primeira feira pós-pandemia e a única a ser realizada no Brasil neste ano, o que cooperou com o recorde de visitações. “Isso fez com que as empresas estivessem aqui para ver o que está acontecendo, as tendências, e ter uma previsão de como será 2022”.

Economia local

Além de impulsionar o setor calçadista e de componentes, a Seincc também contribuiu com a movimentação de toda a economia da região.

“Estava falando com um cliente que teve que dormir em Balneário Camboriú porque em toda a região não tinha mais hotel. A Seincc movimentou durante esses três dias o setor hoteleiro, gastronômico, postos de combustíveis, farmácia, autônomos e toda economia local”. 

SC Trade Show

Ainda neste ano, o Sincasjb realizará também a 30ª SC Trade Show, rodada de negócios do setor calçadista. O evento ocorrerá entre os dias 3 a 5 de novembro, no CentroSul, em Florianópolis, e apresentará as coleções decalçados para o inverno 2022. “Antes estávamos apreensivos com a realização de mais uma feira, mas agora, sentindo essa energia boa da Seincc e sabendo que os clientes também querem vir, temos certeza que também será um grande sucesso”, garante Santos.

texto: Assessoria de Comunicação

Miriany Farias