RÁDIO CLUBE COMEMORA O DIA NACIONAL DO RÁDIO

  • Redação Clubei

RÁDIO CLUBE COMEMORA O DIA NACIONAL DO RÁDIO

Dia 25 de setembro é comemorado o Dia Nacional do Rádio. A data lembra o nascimento de Edgar Roquette Pinto, considerado o pai da radiodifusão e quem realizou a primeira transmissão de rádio no país, em 7 de setembro de 1922. Dentre os objetivos de se comemorar essa data estão o de aumentar a sensibilização do público e da mídia sobre a importância do rádio, incentivando assim as autoridades a estabelecerem e fornecerem acesso as informações através do rádio, bem como melhorar a criação de redes de cooperação entre os organismos de radiodifusão.

No Brasil, a primeira experiência radiofônica ocorreu em 1922, porém, somente em 1923 foi instalada a primeira emissora. Até o início da década de 1930, o rádio permaneceu em caráter experimental. Organizado em sistema de sociedade, com uma programação voltada para a elite, o rádio teve um desenvolvimento lento até quando foram permitidas propagandas comerciais que levaram à organização de empresas para disputar o mercado.

Neste dia, como falar de rádio e não lembrar da Rádio Clube, emissora que há 60 anos está no ar, inclusive o seu potencial comunicativo já foi comprovado em vários momentos ao longo da história. É impossível falar da Rádio e aqui na região não lembrar da importância desse meio nos momentos em que a população mais precisou. As enchentes históricas no Vale do Rio Tijucas, do furação que atingiu o estado ou o apagão na Grande Florianópolis.  Nessas horas, sempre foi e será papel do rádio estar ao lado da população. E a proximidade da Rádio Clube com a população é sem dúvidas alguma o grande diferencial da emissora. Não por acaso, a abrangência da Rádio Clube, agora operando na frequência 88.5 FM e com seus 5 watts de potência alcançando diversos municípios na região vêm elevando assim sua audiência se solidificando cada vez mais forte e conectada com os anseios dos ouvintes e moradores da região.

Ao longo de sua história, a Clube sempre se reinventou, entre seus tradicionais programas musicais, a emissora mantém diariamente as informações do tempo, do trânsito, as notícias da cidade e da sua região, com sua equipe de Jornalismo traz com total credibilidade o Jornal da Manhã, marca registrada da Rádio Clube. Mas, atualmente um novo programa têm chamado a atenção, “Na Boca do Povo”, com uma pauta positiva e a crítica de forma construtiva, o setor policias e as notícias do esporte tem ganhado destaque na região, um programa que tem dado voz e vez ao cidadão para expressar e mostrar os problemas, o programa é apresentado por Silvio Eccel, proprietário da emissora, e também pelos comunicadores Jonatam Cordeiro, Daniel e Fernandes e Jabson Alexandre.

O rádio se reinventa todos os dias e não para de evoluir na era digital. A rádio clube está onde o ouvinte quiser: no carro, no celular, em computadores ou no rádio de pilha. Isso é convergência e respeito com a audiência e os anunciantes. Para o diretor da emissora, Silvio Eccel, mesmo com o grande avanço ocorrido nos meios de comunicação, o rádio continua ocupando um lugar de destaque no cotidiano das pessoas por meio das mais diversas programações, seja de informações ou de entretenimento. “Mais do que informação, o rádio é liberdade de expressão, com sua linguagem direta, continua sendo um meio de comunicação indispensável fazendo-se presente em todas as localidades. Nas casas, nas ruas, nos bares, nos carros, o rádio atinge a maioria das pessoas, mantendo-as informadas sobre os principais acontecimentos, além de ser um meio de lazer e entretenimento o rádio sempre foi de grande benefício para a comunidade sendo um instrumento de utilidade pública, o rádio é o portador de mensagens, ligando o interior à cidade, superando as dificuldades”. Destacou Eccel.